surveillanceme

Archive for the ‘friends&artists’ Category

ABSURDO

In friends&artists, life2009, personal ... trainee on July 28, 2009 at 12:54 am

única divindade da razão: o acaso

“Somos obrigados às mesmas precauções que o domador:

Se ele tem a infelicidade

[antes de entrar na jaula]

de auto-cortar-se com a navalha

Que banquete para as feras!”

La Chute — Camus, aos 42-43 anos de idade

…………………………..

recebi um email há algumas semanas com este exato subject. na linha que se seguia visualizava-se: (Fernando Pessoa, Livro do Desassossego, fragmento 23) abri o email [msm sem conhecer o remetente, mas este não caíra no spam-‘malha fina’ del gran google & filters…]

Tornarmo-nos esfinges,

ainda que falsas,

até chegarmos ao ponto

de já não sabermos quem somos.

Porque,

de resto,

nós o que somos é

esfinges falsas

e não sabemos o que somos realmente.

O único modo de estarmos de acordo com a vida

é estarmos em desacordo com nós próprios.

O absurdo é o divino.

Estabelecer teorias, pensando-as paciente e honestamente,

só para depois agirmos contra elas – agirmos e justificar as nossas ações com teorias que as condenam.

Talhar um caminho na vida,

e em seguida agir contrariamente a seguir por esse caminho.

Ter todos os gestos e todas as atitudes

de qualquer coisa que nem somos,

nem pretendemos ser,

nem pretendemos ser tomados como sendo.

Comprar livros para não os ler; ir a concertos nem para ouvir a música nem para ver quem lá está; dar longos passeios por estar farto de andar e ir passar dias no campo só porque o campo nos aborrece.

coincidentemente chegou a mim tal email exatamente um dia após a publicação deste post: Liberdade é fazer o que se quer e querer o que se fez

Advertisements

PUBLIC FEELLINGS :: PUBLIC AFFECTS [JUNHO]

In academic bursary, friends&artists, life2009 on July 6, 2009 at 4:40 pm

“O mito de pandora – Notando que, entre todas as criaturas vivas, não havia  uma só capaz de descobrir, utilizar adequadamente as forças da natureza, comandar os demais seres e estabelecer a ordem e a harmonia, comunicar-se pelo pensamento com os deuses e enteder a essência e o rpíncipio das coisas, o semi deus Prometeu criou o homem. Admirada com a beleza da obra de Prometeu, MInerva, a deusa da sabedoria, ofereceu ajuda para a perfeiçoa-la…http://mariabit.blogspot.com/– lu tognon [22dejunhode2009]

“não se esqueça que os provérbios também são uma derivação da lei da preguiça, um viver morrendo” – miguel [23dejunho2009], a partir do ultimo txt que enviei aa ele!… 🙂

“os outros são indispensáveis. E assim, apesar de que o processo de relacionar-se com os outros possa envolver dificuldades, brigas e impropérios, temos de procurar manter uma atitude de amizade e carinho, a fim de levar um estilo de vida no qual haja INTERAÇÃO suficiente com outras pessoas para que se tenha uma vida feliz” – Dalai Lama [26dejunho2009, Cibele Sofia]

“liberdade: é fazer o que se quer e querer o que se fez!” [29dejunhode2009, mariana schizo]

“Mas carinho é como água, sambador. Só corre pra onde tem.” [29dejunhode2009,  andressa]


‘meus’:

22/junho:
“Como se o esboço fosse a moradia das almas … Desta forma ela reinventa o mundo e este acaba também por reinventá-Ia.”, Cão Guimarães. Londres, 1997

o feiticeiro eh sempre cego assim como o lobo caminha no escuro?

23/junho:
If we are going to take a theory of labor to heart, we also have to remember that bodies and attention and affect are molded by what people do, day in and day out.

pra acreditar mais na vida e nos rumos que ela traz, sem q a gente precise pensar tanto … sentir mais

26/junho:
“Os sentimentos de estima, respeito e confiança são exemplos práticos que apontam para os meios de integração de nossa simpatia com as simpatias de outros. Conquistar a estima, o respeito e a confiança de um estranho significa trabalhar na construção de um laço afetivo mais amplo que aquele de nossas parcialidades.”

29/junho:
“Deve-se entender as palavras em seus conceitos originais, e não apenas banalizá-las em seus usos. As palavras – assim como o imaginário – são produtoras de realidades…”

O papel de todo ser moderador [facilitador social] “é acalmar os perturbados e perturbar os que se encontram muito calmos”, rav Ruben

30/junho:
“Vou mudando de personalidade, vou enriquecendo-me na capacidade de crear personalidades novas, novos typos de fingir que comprehendo o mundo, ou, antes, de fingir que se póde comprehendel-lo.”, Fernando Pessoa

PUBLIC FEELLINGS :: PUBLIC AFFECTS [MAIO]

In academic bursary, friends&artists, life2009 on July 6, 2009 at 4:31 pm

Tenho colecionado os status de meus contatos no gtalk nestes últimos dois meses…

segue uma primeira publicação aqui:


Compaixão para com todos – isto seria dureza e tirania para com você, caro próximo! – Nietzsche. [Andreh Dib – Maio]

não basta que o pensamento procure sua realização. é preciso que a realidade procure o pensamento! [Marcio Jr. – Maio]

“pra achar o fluxo, é só ficar distraída..” [natalia nogush – maio]


“Fundada em uma troca permanente de humilhações e de atitudes agressivas, a economia da vida cotidiana dissimula uma técnica de desgaste, ela própria alvo do dom de destruição que ela contraditoriamente evoca. Hoje em dia, quanto mais o homem é objeto, mais ele é um ser social.”
[andressa – maio]


“esforcei-me por seguir o percurso velocíssimo dos circuitos mentais que captam e reúnem pontos longínquos do espaço e do tempo” [fabio tremonte – maio]

“precisa-se de uma analista de sistemas pra reconfigurações e um upgrade!” [stelajornalista – maio]

“The way to love anything is to realise that it may be lost.” [mari @ msn – maio]


“É manifesto que os pobres têm mais do que os ricos. As pessoas desperdiçam a parte boa e retêm só a má. É invisível e visível, e as crianças brincam com ela na rua. Mas os ignorantes pisam nela cotidianamente.”
[andressa – maio]

‘minhas’:
“Em centímetros, quilos e salários, nós nos avaliamos – avaliamos o poder que exercemos sobre outros homens e mulheres e o poder que eles exercem sobre nós.”

“tuvieron que asesinarlo muchas veces/
porque el hombre de la paz era una fortaleza,” , Mario Benedetti :: 1920-2009

“matar y matar más para seguir matando
y condenarse a la blindada soledad” , Mario Benedetti :: 1920-2009

“creo que tenes razon: la culpa es de uno cuando no enamora/ y no de los pretextos ni del tiempo” , Mario Benedetti :: 1920-2009

“If I am the storm if I am the wonder / Will I have flashlights, nightmares and sudden explosions ”

“…para aguentar com um destino desses, é preciso ter um desejo de se ‘vingar’ da vida, e uma ensolarada saúde mental…”

tanto afeto tanto afeto … como viver no varejo depois da delicia do atacado?

amor acaba sempre sendo no atacado, nao vareja………………. talvez seja esta a dor de amar! eu adorei o atacado!…. varias peças da mesma peça!…… mesmo cheiro, pele, sabor td!…………… variar eh bom, mas descobri tbm q atacado tem lah suas delicias……… de amor……. o resto eh um vago amar…. paixoes…….

“Todo dia é dia de aprender um pouco/ Do muito que a vida traz/ Porque muito pra mim é tão pouco/ E pouco é um pouco demais”

‘Não me importo muito para onde estou indo’, disse a menina. ‘Então não importa que caminho vc deve tomar’, disse o sorriso do gato de Alice.

“Porque te amo, Dionísio,/ é que me faço assim tão simultânea/ Madura, adolescente/ E porisso talvez/ Te aborreças de mim”, Hilda Hilst

“Muito pra mim é tão pouco/ E pouco eu não quero mais”

“aprendera a ter coragem de ter fé – muita coragem, fé em quê?”

“ilusão, palavra cheia de sentido que significa literalmente ’em jogo’…”

“If you feel like you wanna make love/ under the stars above/ Love on, love on”